Transexual do Miss Bumbum retira apoio ao Bolsonaro depois de campanha no Instagram: “Arrependida”

Publicado por Alexandre Fareleski

Fonte: Divulgação | CO Assessoria


A candidata do Miss Bumbum, Paula Oliveira, não imaginava que fazer uma foto em apoio ao candidato Jair Bolsonaro lhe traria tanta dor de cabeça. Depois que a organização do concurso divulgou a nota sobre as preferências eleitorais das concorrentes na tarde de ontem (31/8), a candidata transexual e representante do Amazonas recebeu duras críticas dos internautas sobre a sua posição.

Arrependida, Paula Oliveira pede desculpas a comunidade LGBT  e declara aos seus fãs a retirada do apoio ao candidato mais polêmico das eleições presidenciais 2018. “Não pensei nas consequências que teria ao participar do ensaio. Tirei a foto por impulso e agora estou arrependida”, conta.


“Me recusei a participar do ensaio desde o primeiro momento. A pauta era sobre política e quem apoiávamos. Pode ser que ela não tenha entendido direito”, fala Giovanna Spinela, outra candidata transexual do concurso atual e representante do Rio Grande do Norte.

Enquanto algumas negaram o voto para o candidato, outras afirmam que ele é a melhor opção, como diz a Lady Oliveira, Policial Militar e representante da Bahia. ”O cidadão de bem pode ser armar”, conta.




Tecnologia do Blogger.