Agora virou realidade - You Tube vai lançar canais pagos, confira!


You Tube vai lançar canais pagos



Segundo reportagem do Financial Times, serviço de assinaturas deve envolver 50 canais e custar US$ 1,99 por mês
SÃO PAULO – O YouTube pode começar a cobrar pela visualização de alguns dos seus canais já nesta semana. Segundo o jornal Financial Times, pessoas próximas ao negócio afirmaram que o novo serviço à la carte deve envolver 50 canais de conteúdo especializado ao custo de US$ 1,99 por mês.
—-
• Siga o ‘Link’ no Twitter, no Facebook, noGoogle+ no Tumblr e no Instagram
Questionado pelo Financial Times, o  Google disse que ainda não tem “nada a declarar” sobre esse assunto, mas confirma que a está “procurando criar uma plataforma de assinatura que possa trazer mais conteúdo de qualidade para o YouTube e prover aos criadores de conteúdo outro canal para geração de receita”.
Em fevereiro, o YouTube havia confirmado para o site CNET o desenvolvimento de um serviço do tipo, sem revelar quando a novidade entraria no ar. Na mesma época, os usuários da plataforma Android identificaram códigos referentes à assinaturas de canais pagos no app do Youtube. O código dizia “Você só pode assinar/cancelar a assinatura de um canal pago no seu computador”.
Outra evidência de que o serviço de assinaturas pode ser mesmo lançado em breve é que o YouTube já consultou diversos produtores sobre a possibilidade de desenvolver conteúdo para a plataforma paga planejada para este ano. O site também estaria considerando cobrar por outros serviços, como galerias de vídeo e  transmissão de eventos ao vivo.
O objetivo do Google é aumentar o catálogo de títulos de alta qualidade do YouTube para competir com o material produzido pelas empresas de TV e aumentar seus ganhos com propaganda. Segundo a eMarketer, apesar dos  gastos com propaganda digital crescerem rapidamente – este ano devem saltar de US$ 2,3 bilhões para US$ 4,14 bilhões – ainda equivalem a apenas 2,4% do total de gastos com propaganda das empresas.
Outra consultoria, a Pivotal Research, estima que a receita do YouTube com propaganda possa chegar a US$ 15 bilhões ao ano em pouco tempo com o serviço de  assinaturas. Para se ter a ideia do impacto que as assinaturas podem causar,  este ano a estimativa é que a empresa vai faturar US$ 2 bilhões com anúncios.
Testes.
O YouTube vem realizando uma série de eventos para preparar terreno e testar novos modelos de programas no site. De 19 a 25 de maio, por exemplo, a empresa vai realizar a “Semana da Comédia”nos Estados Unidos, que vai destacar ao longo da semana diversos vídeos com o tema.  Ao longo do ano, a empresa pretende realizar outros eventos temáticos semelhantes.
Outra iniciativa para  profissionalizar o conteúdo postado no site foi o lançamento dos Playbook Guides, uma série de guias em PDF com sugestões de boas práticas, dicas e estratégias específicas para melhorar a qualidade e a visibilidade de vídeos temáticos.  Os títulos lançados foram divididos em cinco categorias: música, esportes, educação, empresas de comunicação e sem fins lucrativos.
Fonte: O Estadão
Tecnologia do Blogger.