Fernando Vannucci – Narrador Esportivo


Fernando Vannucci – Narrador Esportivo

Tenho a grande honra de entrevistar esse profissional incrível, com uma bagagem imensa no decorrer de anos dedicado ao mundo esportivo, onde fez história dentro da TV Brasileira, com sua participação nos grandes momentos do esporte, seja no Brasil ou no exterior. Com vocês o homem que esteve presente em 6 Olimpíadas e 6 Copas do Mundo, o jornalista e narrador esportivo Fernando Vannucci. Fernando, 60 anos, natural de Uberaba (MG), reside em Alphaville (SP). É casado, pai do Fernando, Frederico e Júlia (filhos do primeiro e do segundo casamento). Vamos saber um pouco mais sobre sua vida, começando desde o seu nascimento que já foi uma grande prova de fogo, mas que também ficou provado que ele seria um homem de garra, mesmo porque sua luta para sobreviver já começou no ventre da sua mãe.
Fernando, durante seu parto houve problemas. Os médicos disseram que você não sobreviveria. O que aconteceu?
Sim, os médicos disseram que a minha mãe(Célia) seria salva. Mas não garantiam nada sobre a criança. Fique preso no útero de minha mãe, e aí a providência foi fazer uma cesariana, correu tudo bem, depois…
Teve uma infância normal? Como foi sua vida até a adolescência?
Normalíssima…estudando, jogando bola, e trabalhando…
É verdade que iniciou sua carreira aos 15 anos no rádio?
Um pouco antes, nem tinha 15 anos ainda….
O que você fazia na rádio?
Trabalhava na Rádio PRE-5 de Uberaba (minha terra), apresentava um programa para a garotada, era época da Jovem Guarda, e também era repórter esportivo…depois me tornei narrador…

Quando começou na Tv Globo? Quais jornais apresentou na emissora?
Comecei em 1973, na Globo Minas…e em 77 fui para a Rede Globo, no Rio. Fiz de tudo: narrações, apresentação de todos os jornais da casa, sem exceção. Cito alguns: Globo Esporte, Esporte Espetacular, Jornal Nacional, Fantástico, Jornal Hoje, Jornal Amanhã…além dos eventos esportivo.
Você cobriu várias Copas do Mundo. Quantas?
Foram 6 Copas: Argentina (78), Espanha (82), México (86), Itália (90), Estados Unidos (94) e França (98)
Foi nessa epóca que você criou o famoso bordão ( Alô você )?
Foi em 1986, durante a Copa do México….saiu sem querer, a direção da casa gostou e pediu pra continuar…Virou uma marca…
Você cobriu as olimpíadas também?
Sim, também seis: Moscou (80), Los Angeles (84), Seul (88), Barcelona (92), Atlanta (96) e Sidney (2000), esta última pela Band. Além de três paraolimpíadas, para deficientes físicos e mentais: Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012)
Quais as emissoras que você trabalhou?
Como disse, comecei em rádio. A primeira, em 1965, foi a Rádio Sociedade de Uberaba(antiga PRE-5), depois inaugurei a Rádio Sete Colinas(também em Uberaba). Mais tarde em 1971, fui contratado pela Rádio Inconfidência de Belo Horizonte; em BH começou minha vida na TV, como já disse. Na Globo Minas, onde apresentava o jornal regional. Depois Rede Globo no Rio, onde fiquei por 20 anos (juntando com a Globo Minas), foram 26 anos na empresa de Roberto Marinho. Sempre com muito apoio de tanta gente. Vou destacar um, em especial: o querido Boni.
Pode nos contar sobre o polêmico episódio, quando você apresentava o Programa Bola na Rede, onde passou mal ao vivo e o vídeo foi parar no Youtube?
14/11/2012
Publicação autorizada
Colunista - Cleo Oshiro
Tecnologia do Blogger.